Gestão de Segurança Patrimonial – Procedimentos

Segurança Patrimonial - Procedimentos

Procedimentos de Segurança Patrimonial

Com base no diagnóstico proposto pelo “Estudo de Segurança”, devem ser determinadas as rotinas necessárias ao bom funcionamento do serviço de Segurança Patrimonial.

Muitas vezes, as empresas que contratam um prestador especializado simplesmente pulam esta etapa por entender que “o prestador de serviços sabe como fazer seu trabalho”. Sem dúvidas, uma boa empresa especializada em determinado serviço, certamente saberá a melhor forma de desempenhar sua atividade. Ainda assim, é necessário haver acordo entre as empresas para verificar se as expectativas de ambas as partes são claras e podem ser satisfeitas. A forma de se fazer isto é mediante a elaboração de um bom Contrato e a aplicação de Procedimentos adequados à realidade da empresa tomadora do serviço.

Devem ser identificadas quais as principais atividades a serem desenvolvidas e colocar em procedimentos pelo menos as mais significativas. Ou seja, aquelas que tenham maiores impactos sobre as operações ou sobre a imagem da empresa). Desta forma, o serviço tende a ser mais estável. Isto porque que a mão de obra normalmente disponível e interessada em Segurança Patrimonial costuma ser muito volátil. Trocas de funcionários são frequentes. Um aspecto importante a ser considerado também é que estes profissionais já passaram por muitos locais de trabalho desempenhando tarefas similares. Isto faz com que tendam a replicar seus vícios profissionais quando não são bem direcionados. Em contrapartida, quando há uma identidade definida para o serviço em determinado tomador de serviços, estes profissionais tendem a ser mais fiéis.

Sugere-se que os procedimentos sejam desenvolvidos da forma mais simples possível e que possam responder às perguntas:

5wH

  • O que deve ser feito;
  • Por Que deve ser feito;
  • Quem fará a atividade;
  • Onde será realizada a atividade;
  • Quando deverá ser feita;
  • Como é realizada;

A estrutura acima representa bem a metodologia 5WH, tomada emprestada da Qualidade e que sempre funciona.

Próximos Passos

No artigo a seguir serão apresentadas algumas rotinas e atividades típicas da Segurança Patrimonial. Caso sejam aplicáveis, podem ser feitos procedimentos individuais para cada uma. Também se podem condensar todos em um Manual de Segurança. Especificamente no âmbito de instituições bancárias, este documento é conhecido como Plano de Segurança, conforme exigido por legislação.

https://www.leonidasseg.com.br/gestao-de-seguranca-patrimonial-rotinas-tipicas

Artigo Anterior

https://www.leonidasseg.com.br/gestao-de-seguranca-patrimonial-vulnerabilidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *